[Fechar]
Sindicato APEOC - Camocim
Sindicato APEOC - Camocim

segunda-feira, 5 de março de 2012

Governadores e Prefeitos contra o Piso Salarial dos Professores


Google Imagens

Apesar da vigência de uma lei federal, de julho de 2008, instituindo o piso nacional de salário dos professores da rede pública de ensino, pela segunda vez, inúmeros governadores e prefeitos municipais, filiados a todas as siglas partidárias, estão, novamente, unidos contra o pagamento do piso nacional de salário dos professores da Educação Básica.

Aproximadamente, 800 prefeitos desembarcaram esta semana em Brasília para protestar e afirmar que é inviável o reajuste que eleva o piso nacional em 22,22%, passando de R$ 1.187,00 para R$ 1.451. Dizem ainda que o aumento vai comprometer custeio e investimentos, além do risco de desobediência à lei de responsabilidade fiscal. Estes fortes argumentos não resistem o soprar de uma vela. Muito pelo contrário, comprovam irresponsabilidade nas ações da maioria dos gestores públicos, pois sem investimento no homem professor, não há educação de qualidade nem melhoria no ensino. (...)

Fonte: Site APEOC

Um comentário :

  1. ....o aumento vai comprometer custeio e investimentos...Que investimentos são esses que ninguém vê? Esse piso é o chamado piso morto. Ainda falta pelo menos outro piso por cima.

    ResponderExcluir