[Fechar]
Sindicato APEOC - Camocim
Sindicato APEOC - Camocim

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Encerrado ciclo de Assembleias Regionais


O Sindicato APEOC encerrou nesta quarta-feira (24) o ciclo de Assembleias Regionais com foco na Campanha Salarial de 2016. O encontro reuniu centenas de professores da Rede Estadual de Fortaleza e Região Metropolitana no Ginásio Esportivo da Parangaba.
Os trabalhos foram liderados pelo presidente estadual do Sindicato APEOC, Anízio Melo. O vice-presidente estadual do Sindicato, Reginaldo Pinheiro, o presidente da CUT Ceará, Will Pereira, o coordenador geral do Sindicato MOVA-SE, Flávio Reno, e o assessor jurídico do Sindicato APEOC, Ítalo Bezerra, também compuseram a mesa.

Informes


Na primeira parte da Assembleia, o vice-presidente do Sindicato, Reginaldo Pinheiro, deu alguns informes importantes a respeito da primeira reunião da Comissão Geral de Negociação APEOC-Seduc, realizada nesta segunda-feira (22). O dirigente ressaltou a importância desse espaço de diálogo e pressão junto à Secretaria da Educação do Estado e comemorou os avanços em vários pontos na pauta de negociação, como a convocação dos reclassificados do concurso de 2013 dentro do prazo de vigência do certame; a implantação das promoções na folha de março e a garantia do pagamento retroativo à data do requerimento; a regularização no pagamento dos vales-transporte, entre outros.

Anízio Melo fez uma avaliação política da conjuntura nacional destacando a ameaça à soberania nacional e o controle da Petrobras sobre a exploração do pré-sal, importante fonte de recursos para a Educação Pública. Anízio também relembrou a importância da mobilização feita em todo o Ceará ao longo deste mês de fevereiro com a realização de doze assembleias regionais por todo o estado.

Pauta aprovada
Antes das falas dos presentes, a Assembleia aprovou uma moção de apoio a todos os trabalhadores da Educação atualmente em greve nos municípios cearenses. Após uma rodada de 45 minutos de discursos, o grupo seguiu para a votação da pauta. A Assembleia de Fortaleza e Região Metropolitana aprovou o reajuste geral de 12,67%, respeito à data-base em 1º de janeiro e a greve nacional da Educação nos dias 15, 16 e 17 de março. Foi aprovada ainda uma ampla mobilização nas escolas da capital e interior para garantir a paralisação das atividades e a participação dos professores nas atividades programadas para o período.
Fonte: APEOC

Nenhum comentário :

Postar um comentário