[Fechar]
Sindicato APEOC - Camocim
Sindicato APEOC - Camocim

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

FUNDEB/2015 - Até 30/11 Camocim já recebeu R$ 34.612.153,03


Conforme divulgado no site do Banco do Brasil, o município de Camocim recebeu até o dia 30/11/2015 o seguinte valor para as contas do FUNDEB:

R$ 34.612.153,03. 

O valor acima indicado ultrapassa praticamente em dois milhões de reais todo o montante recebido no ano de 2014.
Lembramos que 60% do valor deve ser destinado exclusivamente para o pagamento da remuneração dos professores. O restante, 40% dos recursos, deve ser utilizado para pagamento dos outros trabalhadores e para a manutenção das unidades de ensino. Cabe ao Conselho Municipal do FUNDEB estar de olhos abertos na correta aplicação dos valores, dando aos trabalhadores da educação as devidas satisfações sobre o controle social feito em torno de tais recursos que, por serem públicos, são da conta de todos.
Para fins de comparação, apresentamos, abaixo, um quadro com a evolução dos valores, mês a mês, nos anos de 2014 e de 2015.
Acompanhamento dos Recursos do FUNDEB
Comparativo 2014-2015
MÊS
2014
2015
JANEIRO
R$ 3.031.532,10
R$ 3.014.957,71
FEVEREIRO
R$ 3.772.137,58
R$ 4.334.819,90
MARÇO
R$ 2.441.009,77
R$ 2.748.472,39
ABRIL
R$ 2.520.016,65
R$ 5.260.833,43
MAIO
R$ 4.233.120,66
R$ 2.449.168,32
JUNHO
R$ 2.418.932,73
R$ 3.460.867,28
JULHO
R$ 2.335.776,17
R$ 1.936.728,11
AGOSTO
R$ 2.497.795,12
R$ 3.273.718,65
SETEMBRO
R$ 2.452.318,18
R$ 2.034.499,42
OUTUBRO
R$ 2.400.364,31
R$ 3.226.824,95
NOVEMBRO
R$ 2.696.558,82
R$ 2.871.262,87
TOTAL
R$ 30.799.562,09
R$ 34.612.153,03
Diferença (2015 - 2014) / Mesmos Períodos:
R$ 3.812.590,94 (Aumento de 12,4%)

Se comparados os períodos 01/01/2014 a 30/11/2014 e 01/01/2015 a 30/11/2015, percebe-se um acréscimo de 12,4%, o que indica que a tão alardeada crise não afetou os recursos do FUNDEB. Tais constatações levam a categoria a perceber que é possível progredir na política de valorização do servidor, promovendo-se por exemplo:
- a implantação da progressão para professores (a categoria traz como lembrança somente o enquadramento automático feito em 2011);
- o reajuste da gratificação dos cargos comissionados da educação (estagnada há três anos e meio); e
- o debate em prol de um planejamento responsável de um plano de carreira para os demais servidores da educação.
A Comissão Municipal do Sindicato APEOC reitera a disponibilidade em contribuir com a fiscalização, junto aos órgãos de Controle Social, e com o planejamento das políticas de valorização dos servidores, junto aos representantes do Poder Executivo.

Sindicato APEOC - Camocim


Um comentário :

  1. Se a prefeita Mônica não pagar um bom abono para os professores, ela vai sentir a força dos educandos na eleição do próximo ano. Ela que não menospreze a classe educadora. Não pense ela que os vereadores da oposição que agora estão lhe apoiando vão livrar-lhe de uma contundente derrota na próxima eleição. Está dado o recado.

    ResponderExcluir